Mãe Perfeita – Retrospectiva 2011

Para mim, 2011 foi um ano significativo, que me impôs muitas reflexões. Elas vieram acompanhadas de aprendizados- e de mais questionamentos. E também de reencontros, de novos amigos feitos aqui no Blog, no Facebook, no Twitter. De gente que se identificou, riu, se emocionou, compartilhou. #AMO

Neste ano (links em maiúsculas)…

… além de descobrir que a perfeição na maternidade é irreal, atinei que essa busca pode também trazer PERIGOS, que não valem o ESFORÇO. Até porque ninguém sabe muito bem O QUE É isso.

As COISAS nem sempre acontecem do jeito que a gente imagina. Para as GRAVIDINHAS, é só EXPECTATIVA… tem muito curso de gestação, parto e cuidados com o recém-nascido, mas nunca vi aula de como lidar com as BIRRAS dos filhos. TEIMOSIA, NECESSIDADE DE PALCO, FASTIO, ATENÇÃO NEGATIVA… O que é IMPORTANTE SABER nesses casos?

E as crianças podem, sim, TIRAR A GENTE DO SÉRIO, deixar a gente DOIDA, fazer repetir mil vezes as MESMAS COISAS, as mesmas FRASES

É, porque, do mesmo jeito que não existe mãe perfeita, também não existem FILHOS PERFEITOS nem FAMÍLIA PERFEITA.

Como ninguém sabe muito bem aonde vai, a gente vai atrás de referências do que, afinal, seria uma “BOA MÃE”. Aí serve tudo, até as PERSONAGENS de FICÇÃO. Wilma Flintstone, Mulher Elástica… você se IDENTIFICA com alguma delas?

Mesmo as viagens. Com os filhos, elas nunca mais serão as mesmas. Isso vai desde a preparação da MALA, a escolha do HOTEL, até as COISAS MALUCAS que acontecem, alguns SENÕES, mas também ALEGRIAS para quem estiver atento para percebê-las…

Outra coisa que nunca está no script de quem planeja ter filhos são os problemas de SAÚDE. Alguns parecem simples, mas estão cercados de significados profundos, como uma MIOPIA; outros são mais sérios… ainda bem que existe uma rede fantástica de gente disposta a AJUDAR!

No corre-corre, principalmente para quem tem TRÊS FILHOS ou mais, a gente acha que é preciso ser MALABARISTA para dar conta! Mas não é assim.

Vale tudo para desencucar: LIVROS bacanas, CONSELHOS sinceros, DESABAFOS de amigas de verdade, 10 MANDAMENTOS para cumprir, VAZIOS para criar. Ensinamentos que vêm da SIMPLICIDADE. Ou até em outra LÍNGUA.

E também da criação de um novo lugar para o HOMEM nisso tudo.

Vale lembrar de quando éramos crianças, de BRINCADEIRAS, formas na AREIA, PERFUMES e CANTIGAS que trazem nossa infância de volta.

E assim a gente se permite entrar no espírito da infância deles, na fantasia das FADAS ou do PAPAI NOEL. Na maravilha de conhecer nosso CORPO ou nosso PAÍS. No poder dos ANJOS.

E assim a gente permite que eles CRESÇAM. Que a gente CRESÇA junto, mas mantenha nossa ALEGRIA.

Vida de mãe, com certeza, não é perfeita. Mas, cá pra nós… se fosse, não ia ter graça!

Ao digitar "mae perfeita" no Google, o Blog Mãe Perfeita vem em 1º lugar! o/

_________________________

Veja também:

Mãe Perfeita – Retrospectiva 2010

3 pensamentos sobre “Mãe Perfeita – Retrospectiva 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s