Irritada?? EEEEEEEU???!!!!?

Estávamos lindos e louros, toda a família no carro, voltando do almoço na casa dos meus pais. De repente, cogitou-se a ideia de colocar nossa filha no balé. Diante da minha agenda cronometrada, fiz um inocente pedido:

– Ok, mas vamos ver se é isso mesmo que ela quer, porque, com tantas atividades da “mãetorista” aqui, vou precisar de um clone…

Sem pestanejar, recebo o seguinte míssil do meu mais velho:

– Deveria ter um clone seu que não se irritasse…

UIA…

_________________

Claro que aquilo foi certeiro. Como eu estava com o “bate-pronto” ligado, o disparo de reação também foi instantâneo:

– E vocês, deveriam ter clones QUE NÃO ME IRRITASSEM!!!!

– Olhaí, não falei?

UIA (2, a Missão)…

__________________

Petulância mor, a do rapazinho, não??? Mas também admirei a sinceridade e, principalmente, a coragem.

Dar conta dessa meninada não é “coisa de fifi”, mesmo, não. E a minha resposta também foi verdadeira: na maior parte das vezes, ELES me tiram do sério.

Mas sabe que eu tenho uma neurinha? Não quero que a imagem que eles tenham de mim seja a da doida descabelada dando bronca no meio da casa. “Manter a fleuma” também é um dispêndio enorme de energia.

Tô tentando a meditação. E aí fico mais resignada quando me vem à consciência que, se duvidar, até meu clone ia pirar o cabeção rsrs!

 

Veja também:

A Linguagem secreta da birra – Teimosia

Frases de mãe – Marusia fala

Viajando com crianças. Parte II: As contradições

Os segredos das supermulheres – agendas de Marusia

Anúncios

7 pensamentos sobre “Irritada?? EEEEEEEU???!!!!?

  1. quando vc achar a fórmula, me liga! também tenho pavor de ficar com a imagem da loka: ““Manter a fleuma” também é um dispêndio enorme de energia.” por aqui também:

  2. Gostei do garoto!!! Eu era (era??) atrevida assim com meus pais!rsrs Apesar de às vezes sentir que perdi a discussão ADORO quando os pequenos argumentam.

    E, cá pra nós… impossível não se irritar! Mas também não quero ser a mãe descabelada pra minhas filhas. Essa imagem na cabecinha delas me incomodo. Mas por enquanto… ela tá lá! ;-P

    beijos

  3. Ui!
    Kkkk
    Eu encho as orelhas do meu homeopata.
    Virou meu terapeuta. Saio de lá mais leve e com a receitas das bolinhas para tentar acalmar. Rs
    Beijos!

  4. Pingback: O desafio de uma mãe no desenvolvimento espiritual. | Energias que Curam

  5. Pingback: Mãe e Espiritualidade | Energias que Curam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s