Uns peixes, um coelho e uma mula

 Site visitado: Origami Club

Escola adora mandar dever de casa… para os pais. Neste fim de ano, tivemos que confeccionar, com sucata, vários mimos artesanais (até porque são três crianças). Entre eles, um aquário, um coelho e um personagem do nosso folclore.

Então, são muitos os desafios. Primeiro, porque tem que envolver a participação da criança – o trabalhinho é dela, cabendo-nos somente ajudar. Segundo, porque eu não levo o menor jeito, principalmente no quesito acabamento. Então, para driblar isso, tento apostar pelo menos na originalidade.

Aquário

Ainda bem que, na escola mesmo, uma mãe generosamente compartilhou a ideia de usar garrafão PET de água.

Você vai precisar de (kkkkk):

  • Um garrafão PET 5 litros de água (vazio e sem a boca);
  • Cascalho colorido para aquário;
  • Papel celofane azul;
  • Cola branca e cola de artesanato;
  • Várias folhas coloridas;
  • Hidrocor;
  • Furador de papel.

A parte mais gostosa foi fazer os peixinhos de origami. Entrei no Google e encontrei uns sites super instrutivos. Testei primeiro em papel rascunho, fiz um bando de vezes até memorizar e depois mostrei para minha filha. Cada uma de nós fez metade dos peixes. Depois que você aprende, é uma delícia; viciante, mesmo.

Ela enfeitou os peixes com várias padronagens, da cabeça dela, muito legal! Os olhinhos, fizemos com “retalhos” redondinhos que sobram quando furamos papel (viu por que coloquei furador de papel na lista?), e as pupilas, desenhamos com hidrocor.

Colamos os peixes na superfície de dentro do garrafão. O cascalho no fundo é legal para dar estabilidade. Depois, colocamos desses enfeites de aquário (quanto mais brega, melhor): uma placa “Não jogue lixo” e uma planta de plástico. Até pensei que deveria ter feito a planta de origami, também.

Coelho

Como é que eu ia construir um coelho de sucata? Não fazia a menor ideia. Fui pegando caixa, pote de iogurte, tampinha, até chegar a uma lata. Eureka! Pensei: se toda a turminha vai fazer coelho (e devem vir uns coelhos lindos, pelas mãos prendadas das outras mães, coisa que não se aplicava à minha pessoa), a gente podia compensar fazendo algo diferente. Claro que isso era só uma falácia para justificar a malandragem “improvisação”: fazer o coelho dentro da cartola. Daí, bastavam a cabeça e as patinhas da frente.

Você vai precisar de:

  • Uma lata média (vazia), com tampa;
  • Três bolas de isopor, uma média e duas pequenas;
  • Papel cartão preto;
  • Papel branco;
  • Tinta guache, lápis de cera;
  • Hidrocor;
  • Chumaços de algodão;
  • Cola de artesanato e cola de isopor;
  • Um saco pequeno de TNT;
  • Cartolina branca;
  • Estilete;
  • Grampeador.

Com o papel cartão, fizemos o cilindro fechando com grampos (para não abrir, porque o papel é mais firme) e “vestimos” a lata. Depois, colocamos a aba da cartola. A tampa da lata ficou embaixo, dando o toque final.

Fizemos um corte nas bolinhas das patinhas para encaixar na lata, como se o coelho estivesse “segurando” a borda. Na cabeça, duas fendas para inserir as orelhas, feitas de cartolina com algodão colado. Depois desenhamos a carinha e fixamos tudo com cola de isopor. O saco de TNT envolveu o “pescoço”, escondendo a falta do corpo (kkkk)

Para ampliar ainda mais a participação do meu filho no esquema, resolvi colar umas estrelas na cartola, até para enfatizar a ideia de mágica. E, em vez de usar papel colorido, pedi a ele que pintasse folhas em branco com guache ou lápis de cera. Depois foi só marcar no avesso e recortar.

No dia da exposição, para minha surpresa, descobri que os coleguinhas não tinham feito coelho – cada um ficou com um animal diferente. A proposta era fazer uma floresta. Aí tinha de tudo: elefante, jacaré, tigre, girafa, zebra, com destaque para o hipopótamo feito com caixa de ovo (devia ter fotografado!). Mas, em suma, óbvio que um coelho dentro de uma cartola não combinava com o cenário. As professoras, então, cercaram o dito-cujo de mato, feito com papel crepom! Kkkkkkkkkk

A mula sem cabeça

Você vai precisar de:

  • Uma caixa de leite (vazia);
  • Quatro potes de Yakult (vazios);
  • Papel marrom;
  • A boca de um garrafão PET 5 litros de água (que sobrou do aquário);
  • Cola branca e cola de artesanato;
  • Lã marrom;
  • Fita crepe.

Na hora que peguei a caixa de leite, fiquei pensando no que faria com o gargalo, já que a cabeça (ou melhor, o pescoço, uma vez que se trata de uma mula SEM cabeça) seria a boca do garrafão de água, até para manter a proporção. Ah, lógico: no gargalo seria colada a cauda da mula, feita de lã.

O pimpolho colou o papel marrom pela caixa e pelas patas e fez as labaredas que saem do pescoço. Depois que estava tudo pronto, me toquei que podia ter tirado o gargalo de plástico da caixa e feito o acabamento com o papel marrom. Achei que a pobre mula tinha ficado muito “exposta” (kkkkkkkkkkkkkk).

Então resolvi cobrir o gargalo com fita crepe (viu por que tinha fita crepe na lista?) e assim preservar as vergonhas da mulinha.

Com toda certeza, não levo jeito para trabalho manual. No início, a gente até acha que a escola alopra com as tarefas, mas no fim as crianças curtem tanto, se divertem tanto enquanto estamos montando e depois que veem o bicho tomar forma! Aí a gente vê que vale muito, muito a pena (e é garantia de boas risadas)!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Uns peixes, um coelho e uma mula

  1. Que criativa! Que delícia essa oficina compartilhada! Arrasaram! 🙂 Discovery Kids que se cuide!

  2. Muito legal, vim aqui atrás de um coelhinho que vi no google e gostei demais de suas artes. Não precisa de tanta modestia estão bem criativas. Vou copiar sua ideia do coelhinho na lata, tá? É claro lhe darei os devidos creditos. Parabéns!!!
    Tchau.
    Cidha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s