A receita de Sofia

Minha amiga Daniela me trouxe o que considero um verdadeiro achado!

Ela me contou que, durante o almoço, sua filha Sofia, de 9 anos, ficou de gracinha com a irmã. Uma daquelas situações típicas que deixam a gente na tampa, e não têm outro remédio que não uma bronca. Mais tarde, ao entrar no quarto de Sofia, Dani percebeu uma folha de papel dobradinha atrás da cama. Era uma “receita”, com as seguintes instruções:

Receita

Almoço Ruim

Ingredientes:

  • Arroz
  • Feijão
  • Bife
  • Batata de carinha feliz
  • Mãe
  • Tristeza

 Modo de preparo:

Misture o arroz, feijão, bife e a batata, depois faça sua mãe te dar uma bronca e por último ponha uma pitada de tristeza. Agora é só saborear esse almoço, isto é, se ainda estiver com fome.

 Fim”

Ei-la:

 Receita de almoço escrita por Sofia

Observe que ela escreveu tudo e depois riscou a Mãe dos ingredientes e a bronca do modo de preparo. Dani achou aquilo tão engraçado que mostrou à filha, e perguntou por que ela havia riscado a receita. Sofia respondeu:

“Ah, mamãe, com você tudo é sempre bom.”

 Tudo dessa história é realmente muito bom! Desde os detalhes, de como uma garotinha de 9 anos manteve a coerência da analogia, nas figuras de linguagem do texto, do início ao fim: ingredientes, modo de preparo, pitada, e até a parte de servir. A “Batata de carinha feliz”, no contexto todo, é sensacional!

E o melhor: a receita de Sofia traduz realmente os passos de uma alquimia interna, em que ela expressa sua tristeza e no final transmuta sua chateação em carinho.

Que delícia!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s